Análise de Recrutamento – Conheça mais sobre Cameron Reddish, novo recruta de Duke

Depois de conseguir recrutar Marvin Bagley III, considerado um dos melhores jogadores do high school desde Anthony Davis, coach K, treinador da Universidade de Duke, recebeu ontem o compromisso de um dos cinco melhores atletas da classe de 2018 em Cameron Reddish.

Mas afinal de contas, quem é Cameron Reddish? Em qual posição ele joga? Porquê Duke? Ele é um jogador “One And Done“? Confira abaixo a resposta para estas perguntas e também uma breve análise de como Reddish deve impactar a Universidade na temporada 2018/19

Quem é Cameron Reddish?

Classificado como um recruta 5 estrelas em todos os rankings de scouts, Reddish é um ala de 2,03 m natural do estado da Pensilvânia e com passagem pelas seleções de base dos EUA.

Reddish foi uma prioridade no recrutamento para Duke nos últimos dois anos. Na verdade, alguns dias depois que os Blue Devils vencerem o campeonato nacional em 2015, o treinador Mike Krzyzewski já havia estado na casa de Reddish para recrutá-lo. Se levarmos em conta que Reddish é da classe de 2018, isso significa que Coach K já estava pensando no futuro da equipe dali a quatro anos.

“Isso significou muito para mim naquele momento, e ainda significa muito hoje”, disse Reddish em entrevista a ESPN. “Ele disse que eu também poderia ser campeão, e nunca esqueci isso. Eu acredito que ele vai me ajudar a crescer como um homem e a ser um líder melhor tanto dentro como fora de quadra.

Além de Duke, Reddish tinha em sua lista final escolas tradicionais como UCLA, Villanova, Kentucky e Uconn.

Quais são as suas características?

Ultra talentoso e altruísta, Reddish é uma talentosa combinação de tamanho e habilidade. Com 2,03 m e com uma envergadura de 2,15 m, Reddish é um ala versátil que se propõe a ser um scorer antes de tudo, mas que joga confortavelmente com a bola nas mãos como se fosse um armador. A mesma versatilidade se traduz na defesa, graças a incrível habilidade de defender até quatro posições.

Reddish é claramente um jogador melhor atuando dentro do garrafão e na média distância, mas tem se notado uma evolução grande no seu arremesso de 3 pontos. Além de continuar evoluindo nos arremessos, Reddish também precisará melhorar muito seu jogo sem a bola no ataque, já que com ela nas mãos, Reddish é um perigo aos adversários.

“”Ele é um dos maiores cestinhas do país”. disse seu futuro companheiro em Duke, Tre Jones.

One And Done?

Está claro que Reddish é um talento acima da média além de ter as ferramentas físicas ideais para a NBA, mas o college é uma etapa importante para realmente entendermos se Reddish é mesmo um atleta pronto para a liga profissional. A primeira vista, parece que sim. Mas vale deixar uma ressalva: No último mundial sub-19, Reddish começou muito bem o torneio com a seleção americana, mas nos principais jogos da equipe contra a Alemanha e o Canadá, Reddish caiu de rendimento assustadoramente e deixou a desejar.

Cam terminou o campeonato com a medalha de bronze e com médias de 10,7 pontos, 4,3 rebotes e 3,1 assistências por partida.

Veja um mixtape de Cam Reddish

2 comentários sobre “Análise de Recrutamento – Conheça mais sobre Cameron Reddish, novo recruta de Duke”

  1. Pingback: Rapidinhas do Recrutamento no College (11/09) – Live College Brasil

  2. Pingback: Análise de Recrutamento – Conheça RJ Barrett, nova estrela de Duke – Live College Brasil

Deixe uma resposta