As primeiras consequências para as universidades envolvidas na investigação do FBI

Se você é um leitor assíduo do site Live College Brasil, vai saber que o recrutamento de novos jogadores do high school é fundamental para uma universidade.

Depois de tudo que foi divulgado e toda a repercussão que os subornos de assistentes técnicos causaram, tiveram suas primeiras consequências como recrutas desistindo de compromissos, atleta sendo afastado de treinos além da demissão de treinador Hall of Fame.

Confira estas noticias abaixo:

Rick Pitino demitido e suas consequências

Após a demissão de Rick Pitino e do diretor atlético Tom Jurich serem confirmadas pelo presidente interino da universidade de Louisville, uma série de noticias relacionadas as demissões ocorreram como um efeito dominó.

  • Brian Bowen, calouro da universidade e que está sendo investigado por ter supostamente recebido US$ 100 mil dólares, foi suspenso de todas as atividades relacionadas ao basquete.
  • Anfernee Simons, recruta 5 estrelas da classe de 2018 e que estava comprometido com Louisville, rompeu seu compromisso e reabriu seu recrutamento. Além de Simons, Courtney Ramey, outro recruta muito elogiado, seguiu o exemplo de Simons e também rompeu seu compromisso com Louisville.

Auburn

A universidade de Auburn foi outra que perdeu um recruta comprometido por causa das notícias divulgadas.

Trata-se do recruta 4 estrelas da classe de 2018 EJ Montgomery, que era o único atleta comprometido com Auburn, e que também reabriu seu recrutamento depois de tudo que foi divulgado.

Essa foi uma perda significativa para Auburn, visto que Montgomery possui extensos laços familiares com a universidade, tendo inclusive sua irmã, Brandy, jogado para o time de basquete feminino de Auburn.

“Ele já estava pensando nisso (descomprometer) bem antes de tudo vir a tona. Além da falta de comunicação com a equipe técnica, ele estava preocupado com a falta de desenvolvimento geral dos jogadores” disse Larry Thompson, seu treinador no high school.

 

Arizona

Comprometido com Arizona, Jahvon Quinerly, um armador muito elogiado e considerado como um dos melhores da classe de 2018, pode vir a nunca jogar pelos Wildcats por causa de sua possível conexão com o escândalo, segundo informou a República do Arizona.

Segundo o relatório do FBI, o assistente técnico do Arizona, Book Richardson, recebeu um total de US$ 20 mil dólares em subornos e deu a maior parte deste valor a um “armador” que se comprometeu a “cerca de três dias” (a data do relatório era 11 de agosto). Quinerly anunciou na ESPN em 8 de agosto que ele jogaria pelo Arizona.

1 comentário sobre “As primeiras consequências para as universidades envolvidas na investigação do FBI”

  1. Pingback: Rick Pitino e a corrupção no basquete universitário

Deixe uma resposta