Comitê da NCAA redefine ''vitória de qualidade''

O comitê da NCAA, entidade máxima dos esportes universitários dos EUA, está alterando a definição de ”vitórias de qualidade” no College Basketball e dando uma ênfase maior em vitórias de times visitantes.

Como sabemos, essas vitórias em times mais importantes ou até ranqueados fazem com que em Março as universidades sejam selecionadas para o March Madness ou não. O comitê continua estudando diversas métricas para avaliar as equipes. Esse novo modo de avaliar as vitórias para times visitantes foi a primeira que expressou uma significativa mudança na dinâmica de seleção e já será colocada em prática a partir da próxima temporada.

Nos anos anteriores, os resultados obtidos pelas universidades eram divididos em quatro colunas: resultados contra um time no Top 50 de RPI* da NCAA; entre 51 e 100 de RPI; 101-200 de RPI e qualquer outro time que estivesse abaixo da posição 200 na RPI. Já para essa temporada de 2017-18, os times serão avaliados o quão expressiva foi a vitória ou derrota, levando em consideração a importância do jogo e o lugar que ele foi disputado.

*RPI: Rating Percentage Index – uma ”medida” usada nos esportes para avaliar vitórias e derrotas e a força do calendário.

Continuarão sendo avaliados com as quatro colunas e as mesmas serão dividas na seguinte ordem; na primeira coluna: jogo em casa contra times ranqueados de 1 até 30, jogos em quadras neutras com adversários ranqueados até 50 e jogos fora de casa com oponente ranqueado até a posição 75. Na segunda coluna serão inclusos jogos em casa contra times ranqueados entre 31 e 75, jogos em quadras neutras contra equipes ranqueadas entre 51 e 100 e jogos fora de casa contra adversários ranqueados de 76 a 135.

A terceira coluna consistirá em: jogos em casa contra adversários ranqueados entre 76 e 160, jogos em quadras neutras contra equipes ranqueados entre 101 e 200 e jogos fora de casa contra times ranqueados entre 136 e 240. A quarta e última coluna estará incluso as seguintes situações: jogos em casa contra equipes ranqueadas entre 161 e 351, jogos em quadras neutras contra universidades ranqueados entre 201 e 351 e jogos fora de casa contra oponentes ranqueados entre 241 e 351.

Vamos aguardar a temporada para ver o quão efetiva será essas mudanças impostas pelo Comitê da NCAA.

Deixe uma resposta