EUA e Canadá dominam, Porto Rico e Argentina também vencem no FIBA Américas Sub-18

Nesta segunda-feira (11) ocorreu em St. Catharines, no Canadá, o segundo dia de competições do FIBA Américas Sub-18. Canadá, Porto Rico e Estados Unidos venceram pela segunda vez em duas rodadas no Torneio, enquanto a Argentina chegou ao seu primeiro triunfo.

Abrindo os trabalhos do dia, os anfitriões venceram o Equador pelo placar de 115 a 75. Os canadenses dominaram todas as categorias nas estatísticas, onde todos os jogadores anotaram pelo menos um ponto na partida. Patterson e Lawson lideraram a equipe e foram os cestinhas com 20 pontos cada. A seleção do Canadá arremessou para 53% de acertos em quadra. O Equador foi liderado por Edward Sanchez que anotou 22 pontos.

Em um duelo de países do Caribe, Porto Rico venceu a República Dominicana por 108 a 94, em um dos jogos mais eletrizantes do dia, com a vitória os porto-riquenhos chegaram a segunda vitória na competição.  Com sete jogadores anotando em dígitos duplos na pontuação, a seleção de Porto Rico abriu vantagem no placar. Com um show nas bolas de três pontos de Lester Quinonez, que anotou 31 pontos, os Dominicanos até diminuíram a diferença, mas não foi o suficiente para a vitória. Conditt e Rosa lideraram Porto Rico com 18 pontos cada.

Em uma reedição da Final do Torneio Sul-Americano Sub-17 do ano passado, desta vez a Argentina saiu celebrando a vitória sobre o Chile pelo placar de 76 a 66. Nos três primeiros quartos a troca de liderança no placar foi grande entre as equipes. Os argentinos venceram a disputa nos rebotes e anotaram 17 pontos de segunda chance, isso fez uma grande diferença no final. Com uma vitória de 23 a 12 no último período, os Hermanos asseguraram a vitória. Francisco Caffaro, que vai jogar na Universidade de Virginia na próxima temporada, foi o grande destaque com 20 pontos e 15 rebotes.

Ainda estou tentando encontrar palavras para explicar o que foi o jogo entre Estados Unidos e Panamá. Os norte-americanos venceram mais uma partida pelo expressivo placar de 118 a 26 sobre os Panamenhos, e agora já tem duas vitórias em dois jogos disputados. O time comandado por Bill Self, técnico da Universidade de Kansas, venceu o primeiro quarto pelo placar de 43 a 0! A diferença continuou aumentando enquanto todo o time era substituído. Os primeiros dois pontos da equipe do Panamá foram anotados enquanto restava 7:59 no relógio para o intervalo e o placar estava 45 a 0. Os EUA foram para o intervalo vencendo por 70 a 8. Todos os jogadores americanos anotaram pontos, entretanto Armando Bacot foi o cestinha com 17.

Deixe uma resposta