Ex-jogador de San Jose State processa técnicos por discriminação

O ex-jogador da Universidade de San Jose State, equipe da Mountain West, Gary Williams, está processando o ex-treinador dos Spartans Dave Wojcik e o ex-assistente Tyler Ojanen por homofobia.

Gary foi incrivelmente punido quando estava na Universidade há duas temporadas por reclamar de supostas declarações homofóbicas dos técnicos. Após esse fato, a Universidade abriu investigação contra Wojcik e descobriu que o técnico usava termos homofóbicos e totalmente discriminatórios perante seus jogadores. Ele acabou pedindo demissão após a temporada passada acusando razões pessoais, por conta da morte de seu pai.

Nos últimos seis anos San Jose State teve 16 jogadores que se transferiram da Universidade, um dos maiores números entre todas as equipes da conferência.

Deixe uma resposta