Fique De Olho #01 – Jevon Carter

Quando Jevon Carter saiu de Proviso East High School em 2014, era classificado como um recruta 3 estrelas e possuía pouquíssimas ofertas de universidades da 1ª divisão. Três anos depois, Carter é o armador titular da universidade de West Virginia e vem sendo um dos melhores defensores em toda a NCAA. Na próxima temporada, Carter estará entrando em seu último ano com West Virginia e as expectativas são muito grandes sobre o prodígio defensor da cidade de Maywood em Illinois.

Nome: Jevon Carter
High School: Proviso East HS
Universidade: West Virginia
Altura: 1,87 m (6’2″)
Posição: Armador (PG)
Feito Inalcançável Para um Calouro?

Em sua primeira temporada com a universidade de West Virginia, Jevon Carter teve em média 23 minutos por jogo para mostrar ao treinador Bob Huggins que a oferta de bolsa de estudos não havia sido desperdiçada. Vindo do banco durante toda a temporada, Carter teve médias de 8,1 pontos e 2,3 rebotes por jogo. Embora não sejam números impressionantes, suas habilidades na defesa foram imediatamente reconhecidas, e apesar de ser apenas seu primeiro ano vestindo a camisa dos Mountaineers e ser um reserva, Carter foi nomeado para o All-Big 12 Defensive Team como um calouro, um feito muito impressionante e difícil de ser repetido.

O Carrapato da Big 12

Em sua segunda temporada com o time, Carter se transformou no titular da equipe iniciando todos os 35 jogos em que West Virginia fez durante a temporada. Com 1.7 roubos de bola por jogo, Carter foi um dos lideres nesta estatística dentro da conferência Big 12, e se transformou num defensor muito temido e respeitado por todos os treinadores da conferencia. Ao final da temporada, mais uma vez foi nomeado para o All-Big 12 Defensive Team.

Amplamente considerado como seu grande ponto fraco, Carter teve uma pequena evolução subindo sua média de de 8,1 ppg para 9,5 ppg. Carter liderou a equipe em arremessos convertidos do perímetro ao longo da temporada com 44 bolas de três, mas teve uma eficiência baixa convertendo apenas 30 % dos arremessos do perímetro. Esse era sem duvidas, seu calcanhar de aquiles ao longo de duas temporadas com West Virginia.

Evoluindo no Ataque e Destruindo na Defesa

A ultima temporada foi um grande ano para Jevon Carter, e sem dúvidas foi a melhor desde que chegou em Morgantown. Agora jogando como armador do time, teve de desempenhar um papel muito maior no ataque não só em termos de pontuação como também no desenvolvimento de jogadas da equipe. Estatisticamente analisando, Carter evolui na pontuação (13 ppg) nos arremessos de quadra (43 %) além de ter melhorado seus arremessos do perímetro (39 %).

Defensivamente, Carter teve uma temporada extremamente exuberante. Ajudado pelo forte esquema defensivo da equipe de West Virginia, Carter subiu sua produção na defesa ainda mais do que nas duas temporadas anteriores e liderou a Big 12 em roubos de bola (2,5 spg). Graças a esse desempenho na defesa liderado por Carter, a equipe de West Virginia começou a ser chamada de “Press Virginia” (por causa de sua pressão na defesa adversária). Obviamente que esse desempenho fantástico na defesa não passaria despercebido pelo comitê da Big 12, e Carter foi nomeado para o All-Big 12 Defensive Team pela terceira temporada consecutiva. Carter também foi nomeado para o All-Big 12 Second Team pela primeira vez.

Além desses prêmios, Carter recebeu o segundo prêmio mais importante da conferência que é o Defensive Player of the Year. A NABC (National Association of Basketball Coaches) também deu a Jevon Carter o prêmio de melhor defensor da NCAA, um prêmio bastante respeitado no EUA.

Ao som de Uptown Funk, entenda o que é a “Press Virginia”

Expectativas Para o Senior Year

Com a incrível habilidade de defender qualquer armador além de ser um dos melhores defensores do país, é difícil imaginar um jogador que tenha mais impacto do que o que Jevon Carter na Big 12. Entrando agora em senior year (ultimo ano de elegibilidade), Carter deverá ser ainda mais importante para West Virginia. Kansas é a grande favorita pelo titulo da conferencia como sempre. Texas, Oklahoma e Baylor estarão na briga com West Virginia pelas primeira posições, e com Jevon Carter em quadra, a tendencia é que os Mountaineers sejam respeitados ainda mais que na ultima temporada.

Na temporada passada, West Virginia chegou ao Sweet 16, onde foi vencida pelos eventuais finalistas, Gonzaga Bulldogs. As expectativas são grandes em Morgantown, e se ela existe é por causa de Jevon Carter.

Fonte estatísticas: Espn / NCAA

2 comentários sobre “Fique De Olho #01 – Jevon Carter”

  1. Pingback: Fique De Olho #06 – Reid Travis – Live College Brasil

  2. Pingback: Preview 2017-18 – Big 12 Conference – Live College Brasil

Deixe uma resposta