Fique De Olho #03 – Landry Shamet

Após a saída das maiores estrelas da história de Wichita State Fred Van Vleet (Toronto Raptors) e Ron Baker (New York Knicks) em 2016, o pensamento mais lógico era de que a universidade não se manteria entre as melhores no College Basketball nas temporadas seguintes. Bem, na verdade, o que se viu na temporada passada foi uma universidade consolidada e muito forte, que competiu de igual pra igual com as maiores forças do basquete universitário. Muito desse sucesso alcançado se deve a nova super estrela de Wichita State, Landry Shamet.

Nome: Landry Shamet
High School: Park Hill HS
Universidade: Wichita State
Altura: 1,93 m (6’4”)
Posição: Armador/Ala-armador (PG/SG)
O Começo de Tudo

Vindo de Kansas City no Missouri, Landry Shamet é da classe de 2015 e foi classificado por scouts apenas como um recruta 3 estrelas. Gregg Marshall treinador de Wichita State o perseguiu por quase 3 anos até conseguir o compromisso de Shamet em 2014.

Obviamente, ser um recruta 3 estrelas fez com que o garoto de Park Hill High School ficasse escondido das grandes potências do College Basketball. Mas Marshall, que é um dos melhores treinadores no College, tinha grandes planos para Shamet.

Shamet atuou por Park Hill High School, MO
Ano de Calou… Bem, Mais ou Menos

O primeiro ano de Landry Shamet em Wichita State não foi exatamente como ele previu ou queria que fosse. Uma lesão no pé esquerdo (A mesma lesão que Ben Simmons teve no ano passado) o afastou da temporada de calouro após ter disputado apenas três jogos. Apesar da lesão o ter tirado do restante da temporada, Shamet viu Wichita State chegar ao segundo round do torneio da NCAA eliminando Vanderbilt e Arizona (era uma das favoritas) no decorrer do caminho e perdendo apenas para Miami.

Nesses três jogos, Shamet conseguiu 8,7 ppg, além de 43 % nos arremessos de quadra. Claro que é difícil fazer analises com apenas três jogos, mas Shamet mostrou muito talento e criatividade até se lesionar no jogo contra Emporia State. Com a lesão, Landry Shamet se tornou redshirt na temporada 2015/16 e com isso, permaneceu com sua elegibilidade intacta para poder atuar por mais 4 anos pela universidade.

Agora Sim! Ano de Calouro

Como Calouro redshirt, Shamet assumiu a vaga deixada por Fred Van Vleet e Ron Baker que se formaram, e liderou a equipe juntamente com Conner Frankamp para uma temporada fantástica de 31 vitórias e apenas 5 derrotas. Jogando 26 minutos por partida em 36 jogos na temporada, Shamet teve médias de 11,4 pontos e 3,3 assistências por jogo. Sua eficiência nos arremessos de quadra foi incrível para um calouro, conseguindo 47,2%, além de 43,9% em arremessos do perímetro.

Van Vleet (#23) e Baker (#31), duas lendas de Wichita State

Embora Shamet seja um mero desconhecido do publico brasileiro assim como sua equipe, ficou claro pra quem o viu de perto na temporada passada que seu talento é algo para se observar o mais atentamente possível. E Shamet deu uma mostra durante o torneio da NCAA nesta temporada que estamos falando de um prospecto muito interessante para a NBA.

O jogo em questão é o confronto contra Kentucky válido pela segunda rodada do torneio da NCAA. Jogando contra um dos principais backourts do país composto por De’Aaron Fox e Malik Monk, Shamet fez um dos melhores jogos de sua jovem carreira universitária. Foram 20 pontos com aproveitamento de 50% nos arremessos de quadra. Mas isso não se resume apenas em numeros. Shamet fez com que a derrota de sua equipe por 65-62, custasse muito caro aos Wildcats. No final da partida, Shamet fazia de tudo e liderou sua equipe numa quase virada histórica nos ultimos segundos.

Definitivamente, Shamet mostrou ao mundo do college Basketball que é muito melhor do que os Scouts diziam à apenas dois anos atrás.

Confira os Highlights de Shamet contra Kentucky no ultimo March Madness

A Expectativa é Grande Para o Sophomore Year

Sem duvidas, Wichita State não será menosprezada como foi na temporada passada recebendo apenas uma seed #10. Os Shockers fizeram uma mudança de conferencia, saindo da Missouri Valley para a American Athletic (AAC). Para Shamet isso significará enfrentar algumas das melhores equipes/defesas da NCAA como por exemplo: Uconn, Cincinnati, SMU e Houston. Isto é definitivamente um grande passo para Wichita State, pois fará com que seu calendário geral de jogos seja muito melhor do que foi no ano passado.

Com todos os principais atletas da temporada passada voltando ao time, os Shockers entrarão na temporada 2017-18 como uma das 10 melhores equipes. Landry Shamet será a principal arma ofensiva do time ao lado de Markis McDuffie, que marcou 11,5 pontos por jogo há uma temporada. Com suas habilidades para pontuar e mudar os jogos de várias maneiras diferentes, Shamet e McDuffie serão um dos melhores duos no país.

Agora, em uma conferência maior com mais adversários de alto nível, Wichita State e Landry Shamet receberão mais atenção da mídia nacional, e Shamet estará à altura do hype. Os números podem não aumentar tanto de uma temporada para outro, até por causa do estilo de jogo de Wichita State, mas não entenda mal, Shamet é um dos melhores armador/ala-armador do país. Números não são tudo.

Fonte estatísticas: ESPN / Wichita State University

4 comentários sobre “Fique De Olho #03 – Landry Shamet”

  1. Pingback: Fique De Olho #06 – Reid Travis – Live College Brasil

  2. Pingback: Rapidinhas da semana – 31/07 – Live College Brasil

  3. Pingback: Preview 2017 – American Conference – Live College Brasil

  4. Pingback: [Sophomore] Conheça os segundo anistas que vão surpreender nesta temporada na NCAA – Live College Brasil

Deixe uma resposta