Preview 2017 – Big Ten Conference

Continuando nossa série de previews, chegou a vez de falarmos da Big Ten, uma das conferências mais fortes do college basketball e que costumeiramente leva de 5 a 8 equipes para o torneio da NCAA (march madness). Na última temporada, as principais equipes da conferência sofreram com lesões, instabilidade e com a juventude. De modo geral, Wisconsin e Purdue foram as melhores equipes da conferência, porém, outras equipes mostraram ter muito potencial para esta temporada como Michigan State, Maryland e Iowa por terem núcleos jovens e talentosos.

O preview desta conferência com análise detalhada de cada equipe estará no podcast que você encontra logo abaixo. Nesse podcast, Leonardo Sasso, Italo Vieira e Rodrigo Lazarini comentaram suas expectativas para a temporada na conferência, quais times devem ir ao march madness, quem deve levar o prêmio de melhor atleta, calouro e técnico.

Ainda não viu nossos outros previews com podcasts? Confira.

Conheça as 10 melhores equipes mid-major do College Basketball
Saiba quais são os 25 atletas de mid-major que você precisa conhecer
Saiba tudo sobre a conferência Atlantic-10 (A-10)
Saiba tudo sobre a conferência American Athletic (AAC)
Saiba tudo sobre a conferência Big-12 
Saiba tudo sobre a conferência Big Ten
Saiba tudo sobre a conferência SEC – Em breve
Saiba tudo sobre a conferência PAC-12 – Em breve
Saiba tudo sobre a conferência ACC – Em breve

Podcast com a análise individual para cada equipe da conferência Big Ten

Power Ranking Live College BR

1- Michigan State Spartans
2- Minnesota Golden Gophers
3- Purdue Boilermakers
4- Northwestern Wildcats
5- Maryland Terrapins
6- Michigan Wolverins
7- Iowa Hawkeyes
8- Illinois Fighting Illini
9- Penn State Nittany Lions
10-Wisconsin Badgers
11- Indiana Hoosiers
12- Ohio State Buckeyes
13- Nebraska Cornhuskers
14- Rutgers Scarlet Knights

Conheça a grande favorita a vencer a Big Ten

Michigan State Spartans (19 vitórias e 14 derrotas na temporada 2016-17)

Michigan State iniciou a última temporada cheia de expectativas com uma classe de calouros incrivelmente talentosa e veteranos que poderiam fazer muita diferença na disputada Big Ten, contudo, várias lesões atingiram os pivôs da equipe, fazendo com que o time fosse muito vulnerável contra equipes mais altas. Apesar disso, a equipe fez uma temporada muito boa, graças ao desempenho fenomenal do calouro Miles Bridges que conseguiu levar a equipe ao segundo round do torneio da NCAA.

Miles Bridges, melhor calouro da última temporada na conferência, ignorou a NBA e anunciou seu retorno a East Lansing para mais um ano, transformando os Spartans num dos principais favoritos a vencer o torneio da NCAA. Além de Bridges, a classe talentosa está toda de volta e com o bônus de estarem um ano mais experiente. Além da volta de Bridges, Ward, Winston e Langford, Michigan State recrutou um dos melhores ala-pivôs da classe de 2017 em Jaren Jackson Jr. além de Xavier Tillman, pivô extremamente forte. Também tem a volta dos antigos pivôs que ficaram de fora da última temporada por causa de lesões. Não se precipite, Michigan State tem o melhor time da conferência com certeza e pode chegar muito longe nesta temporada.

Sleeper da conferência: Conheça Iowa, equipe jovem e talentosa

Iowa Hawkeyes (11 vitórias e 20 derrotas na temporada 2016-17)

Assim como Michigan State, o time dos Hawkeyes passaram por uma mini reconstrução na temporada passada, com um time recheado de calouros. O time ficou no limite da classificação para o torneio da NCAA e acabou perdendo a vaga por apenas uma vitória. Apesar da decepção, o futuro da equipe parece estar garantido com o retorno dos calouros destaques e a adição de mais novatos com talento comprovado no estado de Iowa.

Com a saída de Peter Jok, o cestinha da equipe na temporada passada, Tyler Cook e Jordan Bohannon, calouros destaques do time na temporada passada, serão os principais responsáveis para levar esse time de volta ao march madness. Cook é um ala pivô muito talentoso para pontuar dentro do garrafão e possui ferramentas que fazem de si um prospecto para a NBA. Bohannon é um armador muito bom organizador de jogadas e foi o terceiro em assistências na temporada passada dentro da Big Ten, além de ser um excelente arremessador de longa distância.

Coach of the Year: Conheça o principal candidato ao prêmio de melhor treinador na conferência Big Ten

Tom Izzo – Michigan State

Depois de fazer mágica com a equipe no ano passado, levando os Spartans ao march madness apesar dos problemas no garrafão, Tom Izzo agora tem uma das melhores equipes desde que assumiu como técnico da universidade em 1995. O retorno de Miles Bridges a equipe, coloca o Tom Izzo com uma chance incrível de vencer o titulo nacional novamente, e graças ao seu recrutamento excepcional trazendo Jaren Jackson, um notável “one and done” e Xavier Tillman, solucionou o problema com a falta de altura no garrafão da temporada passada.

Menção Honrosa: Chris Collins – Northwestern | Richard Pitino – Minnesota

Freshman of the Year: Conheça o principal candidato ao prêmio de calouro do ano na conferencia Big Ten

Jaren Jackson Jr. – Michigan State

Jaren Jackson será um calouro importante para a temporada de Michigan State. Tom Izzo, tradicionalmente é um técnico que não da muitos minutos para calouros, mas Jackson possui ferramentas atléticas e técnicas tão desenvolvidas que é improvável que não tenha minutos consideráveis nesta temporada.

Jackson é um ala-pivô muito alto (2,10) com bom atleticismo e um arremesso muito bem desenvolvido do perímetro. Além dessas características, Jackson é um bom defensor e essa talvez seja seu passaporte para o quinteto titular da equipe.

Menção Honrosa: Nojel Eastern – Purdue | Jordan Poole – Michigan

Player of the Year: Conheça o candidato a melhor atleta da conferencia Big Ten

Miles Bridges – Michigan State

Não tem nem como ser outro atleta nesta posição. Miles Bridges é disparado um dos melhores atletas do College Basketball. Eleito o melhor calouro da conferência na temporada passada, Bridges teve desempenho para ser colocado até como favorito a vencer o prêmio de melhor atleta. Com médias de 17 pontos e 8,3 rebotes por jogo, Bridges liderou a equipe ao segundo round do march madness, um feito impressionante para um calouro.

Nesta temporada, Bridges vai jogar na sua posição de origem, a ala, e já entra credenciado a muitos prêmios individuais, justamente por ser um atleta “one and done” que resolveu fazer um caminho diferente, retornando ao college.

Menção Honrosa: Nate Mason – Minnesota | Ethan Happ – Wisconsin

3 comentários sobre “Preview 2017 – Big Ten Conference”

  1. Pingback: Preview 2017 – PAC-12 Conference – Live College Brasil

  2. Pingback: Preview 2017 – SEC – Live College Brasil

  3. Pingback: Preview 2017 – ACC – Live College Brasil

Deixe uma resposta