Preview 2018-19 | #33 Wisconsin Badgers

Wisconsin Badgers é uma daquelas equipes que você nunca verá na parte de baixo na conferência Big Ten, aliás, a última vez que a equipe teve mais derrotas que vitória numa única temporada, o Brasil ainda era tetra campeão do mundo no Futebol. Mas na temporada passada, a equipe sofreu com lesões e teve de se contentar com a nona posição geral da conferência com um recorde negativo. Mas não se engane, nessa temporada os Badgers serão uma das equipes mais fortes. Confira no preview!

Informações sobre a Universidade

Localização: Maddison, Wisconsin
Treinador:  Greg Gard
Conferência: Big Ten
Recorde 2017/18: 15 vitórias e 18 derrotas no geral (7 vitórias e 11 derrotas na Big Ten)
Saídas Importantes:
Chegadas de Impacto: PG Trevor Anderson (Transferência de UW-Green Bay)

Como foi na temporada passada

Com a saída dos últimos remanescentes daquela equipe que chegou ao final four em 2015 na temporada passada, os Badgers se enfraqueceram muito e ficaram apenas com Ethan Happ como atleta realmente experiente no elenco. Sem outros atletas experientes no elenco, restou aos jovens da equipe a tarefa de ajudar Happ a pelo menos manter a equipe competitiva.

Ficou bastante claro durante a temporada que a equipe apesar de ter alguns bons talentos não conseguiria chegar muito longe. Com exceção de uma vitória realmente impressionante contra Purdue, a equipe não conseguiu fazer frente a nenhuma outra equipe ranqueada da conferência. No torneio da conferência a equipe caiu nas quartas de final para Michigan State. A derrota significou o fim da temporada para a equipe de Wisconsin que apesar de lamentar os resultados ficou com a sensação de que dias melhores virão.

Apesar da temporada difícil, Ethan Happ (22) e Brad Davison (34) foram os destaques da equipe

Previsão para a temporada 2018/19

Os Badgers tem motivos para ter boas expectativas para essa temporada, afinal, a equipe conta com o retorno de quase todo elenco do ano passado, incluindo Ethan Happ, senior da equipe e cotado para ser o melhor atleta da Big Ten nessa temporada. Além de Happ, a equipe contará ainda com o retorno de D’Mitrik Trice e Kobe King, dois atletas da equipe que passaram o ano passado quase todo fora por lesão.

Além dos retornos, Wisconsin poderá contar também com Trevor Anderson, armador que ficou de fora na temporada passada por causa das regras de transferência. Anderson teve médias de 10 pontos por jogo em Green Bay e será com certeza uma peça importante no elenco. Contando com a evolução de Brad Davison, um dos melhores calouros da conferência no ano passado e na capacidade do armador D’Mitrik Trice de organizar a equipe, as expectativas são de que essa equipe pode sim voltar ao torneio da NCAA já nessa próxima temporada.

Fique de Olho

Ethan Happ | Pivô | 2,08 metros | Senior

Em três anos de College, Ethan Happ esteve sempre em evidência na Big Ten, sendo nomeado em todos os anos para um dos times ideais da conferência, além de ter sido nomeado como o calouro do ano na temporada 2015/16. Nessa temporada não se espera nada menos do pivô, que com certeza entra na temporada mais uma vez cotado para o prêmio de melhor jogador da conferência.

Happ não é um pivô atlético, mas é tão bom nos fundamentos do jogo que isso quase é ignorado. Além disso, seu footwork é um dos melhores do college, elogiado inclusive por Magic Johnson durante o Combine da NBA nesse ano. Apesar de conseguir utilizar muito bem seu corpo no post, Happ precisa ganhar mais um pouco de músculos, algo que o faria sem dúvidas uma escolha segura de segunda rodada do Draft.

Deixe uma resposta