Preview 2018-19 | #38 Xavier Musketeers

O LiveCollegeBR segue com sua série de previews para a temporada 2018/19 e dessa vez com Xavier, uma universidade que vem se impondo a cada temporada que passa dentro da Big East. Chega com um novo treinador para esse ano e terá grandes desafios para se manter no topo.

Informações sobre a Universidade

Localização:  Cincinnati, Ohio
Treinador:  Travis Steele
Conferência: Big East
Recorde 2017/18: 29 vitórias e 6 derrotas no geral (15 vitórias e 3 derrotas na Big East)
Saídas Importantes: Trevon Bluiett, JP Macura, Kerem Kanter, Kaiser Gates, Sean O’Mara
Chegadas de Impacto: Ryan Welage (transferido da San Jose St.), Kyle Castlin (transferido da Columbia), Zach Hankins (transferido de Ferris St.), Jake Walter, Keonte Kennedy, Dontarius James

Como foi na temporada passada

Pela primeira vez, na temporada passada, a universidade alcançou a primeira seed no torneio do March Madness. Como nem tudo são flores a equipe não conseguiu finalizar muito bem os trabalhos e acabou sendo eliminada precocemente e caiu na segunda rodada. Outro ponto negativo nessa inter-temporada foi a troca do treinador da equipe, Chris Mack que criou uma cultura vencedora se mudou para o estado vizinho de Ohio e agora será técnico de Louisville. O time perdeu apenas seis jogos durante todo o ano e foi uma das sensações do College Basketball.

Liderada por Trevon Bluiett e JP Macura os Musketeers venceram a temporada regular da Big East pela primeira vez. Chris Mack, agora ex-treinador, foi nomeado o técnico do ano pela conferência. Outro ponto que podemos destacar da última temporada é o poderio ofensivo da equipe, que simplesmente foi o oitavo melhor ataque de toda a NCAA com média de 84.4 pontos por partida.

Xavier conquista título da Conferência Big East pela primeira vez

Previsão para a temporada 2018/19

A equipe terá que se ajustar aos moldes do novo treinador. É uma equipe mais atlética e com capacidade de marcar homem a homem com uma certa pressão. Tradicionalmente as equipes de Xavier são excelentes em finalizar ao redor do aro. Não aderiram 100% ao novo basquete com bolas longas do perímetro. O técnico Steele deve continuar trabalhando no sistema defensivo de Mack, onde misturavam e alternavam a marcação durante o jogo. O mais interessante é ver como a equipe vai se portar em uma defesa zona. Alternavam muito entra 2-3 e 1-3-1.

A chave do sucesso da equipe para a temporada que vai começar é a defesa. Sabemos do potencial e que tem tudo para chegar ao March Madness.  As peças para um defesa forte são Marshall, Scruggs, Castlin e Goodin, são atletas que dão a vida no lado defensivo e conseguem sair em alta velocidade para o contra-ataque. Terão que cuidar muito bem da bola, pois os erros altos na temporada passada custaram caro.

Fique de Olho

Naji Marshall | Ala/Armador | 2,01 metros | Sophomore 

Será um dos principais jogadores da equipe e ganhará muitos minutos por conta da saída de Bluiett e Macura. Já foi titular em algumas partidas na temporada passada. A sua característica em atacar o aro é uma marca registrada. Bom arremesso de média e longa distância.

Além de ser muito atlético e veloz, consegue se impor em quadra e liderar a equipe. Vale lembrar que este será apenas o seu segundo ano na universidade.

 

 

Deixe uma resposta