Preview 2018-19 | #43 Texas Tech Red Raiders

O LiveCollegeBR segue com suas série de previews para a temporada 2018/19 agora com Texas Tech, uma das melhores equipes da Big-12 na temporada passada, que inclusive chegou a disputar o titulo da conferência com Kansas. Confira!

Informações sobre a Universidade

Localização: Lubbock, Texas
Treinador:  Chris Beard
Conferência: Big-12
Recorde 2017/18: 27 vitórias e 10 derrotas no geral (11 vitórias e 7 derrotas na Big-12)
Saídas Importantes: PG Keenan Evans (17,6 ppg | 3,2 apg), SG Zhaire Smith (11,3 ppg), SF Zach Smith, SG Niem Stevenson
Chegadas de Impac­to: Matt Mooney (transferência de South Dakota), Tariq Owens (Transferencia de St John’s), Khavon Moore (calouro 4 estrelas), Deshawn Corprew (JUCO)

Como foi na temporada passada

Texas Tech iniciou a temporada passada bem credenciada pela mídia, algo que nós também concordamos, visto que tinham em mãos uma das equipes mais talentosas e experientes da conferência Big-12. Com o inicio da temporada, a equipe confirmou as expectativas e chegou a temporada regular da conferência (Janeiro) com apenas uma derrota (Seton Hall).

Liderados pelo bom armador Keenan Evans e também pelos calouros Zhaire Smith e Jarrett Culver a equipe conseguiu liderar a conferência por um bom período de tempo, algo muito difícil de se ver, já que Kansas vem vencendo a Big-12 nos últimos 13 anos. Nos últimos quatro jogos de Fevereiro a equipe perdeu folego e sofreu quatro derrotas seguidas que custaram o titulo da conferência. No torneio a equipe acabou eliminada pelo bom time de West Virginia por 66-63, num jogo duríssimo. Com a boa campanha, a equipe entrou no torneio da NCAA com uma seed 3, uma das mais altas da conferência.

No torneio da NCAA a equipe voltou a jogar o seu melhor basquete e venceu Stephen F. Austin na primeira rodada, Florida na segunda rodada e Purdue no sweet sixteen, esta última tinha uma seed 2. Com essas vitórias, Texas Tech alcançou pela primeira vez o Elite Eight (quartas de final do torneio da NCAA), mas perdeu para Villanova, que viria a ser a campeã. Apesar da derrota a equipe só teve motivos para comemorar em 2017-18.

Texas Tech chegou longe no Torneio da NCAA

Previsão para a temporada 2018/19

Infelizmente a equipe perdeu seus melhores atletas e as expectativas já não são mais as mesmas da temporada anterior, ainda mais se levarmos em conta que são muitas caras novas, algo difícil de encaixar rapidamente.

A defesa foi o ponto alto no ano passado e deverá ser novamente o ponto chave para essa temporada, mas não há dúvidas que dessa vez o treinador Beard terá de confiar bastante na inexperiência, diferentemente do ano passado. Além de Culver, Beard terá de volta três atletas que jogaram uma temporada completa com pelo menos 12 minutos por jogo. Somando-se a isso, Tech terá nessa temporada Matt Mooney, um dos melhores jogadores vindo de transferência e Deshawn Corprew, um dos melhores no nível Junior College. Além deles, Khavon Moore, um dos melhores calouros ajudará bastante na tarefa de substituir Zhaire Smith, agora na NBA.

Essa temporada é de expectativas bastante limitadas para uma equipe jovem e talentosa, que pode chegar novamente ao torneio da NCAA, mas que provavelmente não terá o desempenho que teve em 2017/18.

Fique de Olho

Jarrett Culver | Ala-Armador | 1,96 metros | Sophomore

Culver teve uma temporada muito boa como um calouro, assim como seu ex-companheiro Zhaire Smith, e conseguiu médias de 11,2 pontos e 4,8 rebotes por jogo. Com o bom desempenho, jogando inclusive como titular da equipe, Culver até fez treinos fechados para equipes da NBA e com certeza está no radar destas equipes para a próxima temporada.

Muito do sucesso da equipe passará pelas mãos de Culver e se ele evoluir o que realmente se espera, será uma das estrelas da conferência.

Deixe uma resposta