Villanova vence Michigan e é campeã nacional

Chegou ao fim. Um misto de tristeza e felicidade. A temporada 2017-18 do basquete universitário acabou. Villanova venceu com tranquilidade Michigan por 79 a 62 e levantou a taça pela segunda vez nos últimos três anos.

O primeiro tempo foi de total domínio de um homem: Donte DiVincenzo. Ele fez 18 pontos só na primeira etapa. Maior pontuação de um jogador em um primeiro tempo de final desde 2015, quando Tyus Jones, de Duke, fez 19. O placar do intervalo marcou 37×28 para os Wildcats.

Na segunda etapa, o mesmo roteiro. Domínio de Villanova e uma Michigan sem reação. Mo Wagner até tentou, Muhammad Ali Abdur-Rahkman também, mas os outros jogadores não estiveram no mesmo nível e sucumbiram a força de Villanova. No final, teve até tempo para entrar os jogadores do garbage time. Título dos Wildcats. 79×62. Jay Wright consagrado. De novo.

  • Dados do jogo:

– Donte DiVincenzo terminou com 31 pontos (maior pontuação de um jogador vindo do banco no Final Four desde 1985 e também a maior pontuação de um jogador desde John Morton, de Seton Hall, em 1989, com 35 pontos)
– Villanova bateu o recorde de bolas de três pontos da história de um Final Four com 28 (Illinois tinha o recorde com 24 em 2005)
– Desde Syracuse e St John’s em 2003, um Estado não vencia o NCAA Tournament e o NIT na mesma temporada; Villanova e Penn State venceram, respectivamente, nesta temporada.
– Villanova conseguiu o maior número de bolas de fora em um Torneio da NCAA na história (76). O recorde anterior era de VCU, em 2011, com 61.
– Nova venceu todos os seus jogos no March Madness por, no mínimo, dez pontos de diferença.
– Jay Wright conquistou seu segundo título e se junta a Coach K (5) e Roy Williams (3) como únicos técnicos com mais de dois títulos ainda em atividade.
– Michigan teve apena 9% nas bolas do perímetro – 1-11 – pior aproveitamento da história numa final.

  • Destaques:

– Villanova:
Donte DiVincenzo (vencedor do prêmio de melhor da Final) – 31 pontos, cinco rebotes, três assistências e dois tocos;
Mikal Bridges – 19 pontos e quatro rebotes.

– Michigan:
Muhammad Ali Abdur-Rahkman – 23 pontos;
Mo Wagner – 16 pontos e sete rebotes.

 

 

 

  • Veja os melhores momentos do jogo:

 

 

 

Deixe uma resposta